Por: Rodrigo Kroth | 09/11/2017

São Paulo e Chapecoense protagonizaram um grande jogo para fechar a 33ª rodada do Campeonato Brasileiro, na noite de hoje no Pacaembu. O Verdão abriu 2 a 0, mas o Tricolor Paulista buscou o empate em 2 a 2. Wellington Paulista e Reinaldo marcaram para os catarinenses, enquanto Gilberto e Arboleda marcaram para os paulistas.

Primeiro tempo

O mando de campo era do São Paulo, mas parecia que a Chapecoense jogava em casa. Nos primeiros 15 minutos o Verdão do Oeste pressionou a saída de bola dos paulistas, fez uma forte marcação no meio de campo para frente, e não deixou os donos da casa jogar. Em cinco minutos, a Chape havia chegado duas vezes, sem nenhuma chance do Tricolor Paulista. Aos poucos, o São Paulo equilibrou e começou a chegar.

A boa marcação da Chapecoense no ataque deu resultado. Aos 26, em jogada pela esquerda, Reinaldo cobrou o lateral, recebeu a bola de volta, e cruzou na medida para Wellington Paulista abrir o placar de cabeça. O atacante, que ficou 26 jogos consecutivos sem marcar gol, tem quatro bolas na rede nas últimas cinco partidas.

Aos 38, o Hernanes com a bola dominada no meio de campo, viu Jandrei um pouco adiantado, tentou surpreender o goleiro do Verdão, mas a bola passou por cima. O São Paulo ainda reclamou de pênalti, após cobrança de escanteio, Luiz Otávio subiu para afastar a bola, e os jogadores reclamaram que a bola teria pegado na mão, mas a arbitragem não deu nada. A torcida do São Paulo ficou impaciente com a troca de passes do time, mas o primeiro tempo terminou mesmo 1 a 0 para a Chapecoense.

Segundo tempo

Se o primeiro tempo foi bom, o segundo foi melhor ainda. Naturalmente, a segunda etapa começou com o São Paulo indo pra Chapecoense. Logo aos 7, Marcos Guilherme teve uma boa chance cara a cara com Jandrei, que fechou bem o ângulo e fez uma boa defesa. Foi, até então, a melhor chance dos paulistas na partida.

Porém, em contra-ataque, aos 12, Apodi invadiu a grande área, e foi derrubado. O árbitro não pensou duas vezes e marcou a penalidade. Na bola, Reinaldo, que pertence ao São Paulo. Na cobrança, aos 14, chutou forte no canto esquerdo de Sidão, que pulou no canto certo, mas não evitou o segundo gol dos catarinenses.

O São Paulo continuou na pressão e descontou aos 26. Lucas Pratto cruzou a bola, Jandrei tentou segurar mas soltou. Na sobra, o atacante Gilberto marcou o primeiro o gol dos paulistas. Os jogadores do Verdão reclamaram de falta em Jandrei, foram pra cima da arbitragem, mas o lance e o gol foram válidos.

A pressão dos paulistas em busca do empate foi grande. E veio aos 37. Após cobrança de escanteio de Lucas Fernandes, na grande área Arboleda subiu mais alto que os defensores da Chapecoense, e cabeceou no canto superior de Jandrei, empatando a partida para o São Paulo. Os donos da casa seguiram na pressão, com o apoio dos mais de 35 mil torcedores. Mas ficou por isso: São Paulo 2×2 Chapecoense, em uma grande partida de futebol.

 

Em casa

Os dois próximos desafios da Chapecoense serão em Chapecó, na Arena Condá. Na próxima segunda-feira, o Verdão recebe o Santos, às 20h, e quinta-feira, no mesmo horário, joga contra o Vitória, pela 35ª rodada do Brasileirão. Serão dois compromissos diante o torcedor, para de vez confirmar a permanência na Série A do Campeonato Brasileiro na próxima temporada.