Por: Marina Schielke | 05/02/2018

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) inicia o ano realizando colaboração de R$ 3 milhões para a Epagri. O valor será destinado a cinco projetos na área de extensão rural. Adicionando as contrapartidas da Empresa, o valor global dos investimentos alcança R$3.161.607,82. O objetivo é que esse dinheiro seja direcionado para a capacitação de jovens rurais e a melhorias de três centros de treinamento.

De acordo com o diretor de Extensão Rural da Epagri, Paulo Lisboa Arruda, o valor destinado aos projetos permitem que o programa auxilie e fortifique os centros. “Esses recursos vieram fortalecer nossos centros como unidades modelo onde os agricultores poderão observar o conjunto de tecnologias disponíveis para cada atividade”, explica.

Projeto voltado para os jovens

Dois dos projetos que irão receber a verba vão qualificar cerca de 350 jovens agricultores e pescadores de Santa Catarina. Ao todo R$ 1,7 milhão vão ser destinados a 13 cursos em 2018 e 2019. Realizados nos centro de treinamento da Epagri, os cursos terão duração de 220 horas cada, com o foco nos temas de produção, organização e protagonismo.

Desde 2012 a Epagri opera o movimento de capacitação dos jovens. De acordo com Arruda o sucesso foi grande isso gerou a continuidade dos cursos, com recursos tanto do Mapa e também do Governo do Estado. Desta forma, a Empresa percebeu a necessidade de transformar essa atividade em um processo continuo e incluindo assim, os jovens dos meios rural e pesqueiro como público prioritário.

Tema dos cursos

O foco dos cursos são a liderança, gestão e o empreendedorismo. Áreas mais específicas como bovinocultura de leite, de corte e olericultura também são abordas durante as horas de aula. Em todo o estado a Epagri já formou 1.800 jovens. A meta com as novas atividades é conseguir alcançar 2,3 mil famílias indiretamente, explica Arruda.

A outra parte do dinheiro será direcionada aos centros de treinamento agrícolas de Santa Catarina.